Sanidade Avícola (PNSA)

15

Relação de Estabelecimentos Avícolas em situação de regularidade no Maranhão.

Finalidade

O Programa Nacional de Sanidade Avícola (PNSA/MA) tem como objetivos estabelecer e executar a fiscalização da qualidade sanitária do plantel avícola do Estado do Maranhão. (Ver Legislação)

Ações Executadas

GEDSC DIGITAL CAMERA

Doenças

Principais viroses:

Doença de Newcastle: Altamente contagiosa, afeta aves em qualquer idade. O vírus pode afetar e causar lesões no sistema digestivo, respiratório e nervoso, causando alta mortalidade. Aves com a doença de Newcastle na forma respiratória reduzem o consumo de alimentos e apresentam espirros, dificuldade em respirar, conjuntivite e, às vezes, inchaço da cabeça. Aves em produção de ovos reduzem bruscamente a produção. Na forma digestiva, a doença pode provocar diarréia com presença de sangue e mortes repentinas sem nenhum sinal e as lesões se concentram no sistema digestivo caracterizando-se, principalmente, por úlceras e hemorragias. Na forma nervosa, que pode ou não estar associada à forma respiratória, observa-se a paralisia de pernas e asas, falta de coordenação, torcicolo e opstótomo. As melhores maneiras de controle consistem na vacinação, isolamento dos casos e higiene impecável.

Principais bacterioses:

Salmonelose: Esta doença é uma das mais preocupantes, pois pode representar problemas para o ser humano. As salmonelas infectam tanto mamíferos quanto aves e, apesar de haver salmonelas específicas para cada caso, existem salmonelas consideradas não específicas. As principais são a pulorose, que afeta aves jovens, e o tifo aviário, que afeta principalmente aves adultas. As salmonelas não específicas causam o paratifo aviário. As salmonelas são altamente patogênicas para mamíferos e aves, causando alta mortalidade. Seus sintomas se confundem com outras bacterioses, como a colibacilose, e a diferenciação é feita com o isolamento e identificação da bactéria. O controle envolve higiene rigorosa e eliminação dos focos (aves portadoras da bactéria).

Micoplasmose: Altamente contagiosa, afeta aves de todas as idades apesar da baixa mortalidade. Seus sintomas podem ser: artrite e espirros. A higiene e a eliminação dos portadores é o controle eficaz.

Comitê Estadual de Sanidade Avícola do Maranhão  (Cesama)

O Comitê Estadual de Sanidade Avícola do Maranhão (Cesama) instituído pela Portaria nº 880, de 18 de outubro de 2011, tem como objetivo fortalecer o sistema de atenção veterinária em sanidade avícola, dando assessoria técnica e científica na condução das ações e nas tomadas de decisões sanitárias ou técnicas abrangentes ao Maranhão.

O Cesama é constituído por 02 (dois) representantes, um titular e um suplente, da área de Medicina Veterinária desde que esteja envolvido com a avicultura, das seguintes entidades:

E-mail do CESAMA: cesama2015@yahoo.com.br

LEGISLAÇÃO PNSA

Equipe técnica:

Daniela Povoas Rios – Fiscal Estadual Agropecuária (Responsável Técnica)

Cristina Caldas Barros – Fiscal Estadual Agropecuária

Pedro Alexandrino B. Filho – Med. Veterinário da Aged

Contatos:

(98) 3218-8438

sanidadeavicola.aged@gmail.com