AGED recebe denúncia de pulverização aérea em comunidades rurais no município de Buriti

Por Suyane Scanssette
30/04/2021     18:00

Nesta semana a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) recebeu a denúncia de pulverização aérea de agrotóxicos nas comunidades de Araçá e Barranca, no município de Buriti de Inácia Vaz.

Embora a fiscalização de pulverização aérea seja de competência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a AGED já tomou as providências para que técnicos cheguem até o local para fazer o levantamento prévio da ocorrência.

A AGED tem uma extensa ação em todo Estado de fiscalização do uso de agrotóxicos nas propriedades, nas revendas agropecuárias, nas prestadoras de serviço na aplicação de agrotóxicos, averiguando se atendem as exigências que estão previstas na legislação e ainda realiza atividades em educação sanitária conscientizando os diversos atores da cadeia de produção agrícola quando ao uso e destinação final das embalagens vazias agrotóxicos.

De acordo com o coordenador de Inspeção Vegetal da AGED, Luís Roberto Leite, a Agência fiscaliza no que é competência do órgão estadual, indo até a área, fazendo a fiscalização do uso do agrotóxico, verificando se o produto utilizado tem cadastro no Estado, bem como da destinação correta das embalagens vazias. No ano passado a Agência realizou 1734 fiscalizações englobando aí, revendas e uso de agrotóxicos em propriedades rurais.

Em casos de irregularidades no uso de agrotóxicos ou descarte de embalagens vazias dos defensivos a AGED deve ser comunicada. Já em caso de acidentes e intoxicação a AGED recomenda que a vítima procure o quanto antes o posto de saúde para passar por uma avaliação médica.

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao