AGED instala pontos de coleta itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos

Por Suyane Scanssette
15/10/2020 15:01

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA), através da Unidade Regional da Agência em Imperatriz, juntamente com a Associação do Comércio de Insumos Agropecuários da Região Tocantina (ACIART) iniciou nesta quarta-feira, 14, a instalação de pontos para coleta itinerante de embalagens vazias de agrotóxico. Os pontos foram instalados em seis localidades da zona rural do município de Ribamar Fiquene, nos povoados de Canto da Mata, Jussara, Cotovelo, São José, Jaboti e na BR–010.

O fiscal estadual agropecuário da AGED, André Gonçalves Ferreira explicou que o recebimento itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos foi um meio criado para facilitar a devolução das embalagens por parte dos produtores rurais que não têm como se deslocarem até a Central de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos, localizada na cidade de Imperatriz – MA.

“Com essa ação conseguimos facilitar a vida do pequeno agricultor que muitas vezes não tem como fazer essa devolução na Central de Recebimento e acaba por infringir a legislação estadual de agrotóxicos. Trazemos os pequenos agricultores para a legalidade e criamos o hábito da devolução programada, nas localidades próximas as suas propriedades”, informou André Gonçalves Ferreira.

O gerente da ACIART, Lourival Silva Sousa disse que o ponto itinerante, mesmo que por apenas um período, já facilita o recolhimento das embalagens de agrotóxicos. “A atividade de recebimento itinerante no município de Ribamar Fiquene já acontece há alguns anos na Região Tocantina e já entrou para o nosso calendário. Conseguimos facilitar a devolução das embalagens por parte dos agricultores, trazendo até a Central de Recebimento, mesmo que por apenas um período, para perto deles”, disse Lourival.

Identificação dos pontos

O recebimento das embalagens vazias se dá através da instalação dos seis pontos de coleta na zona rural. Esses pontos são caracterizados por uma lona, que serve de base para o depósito das embalagens, as big bags (sacos grandes) para comportar as embalagens devolvidas e uma faixa identificando o local e o prazo para devolução. Após 10 dias da instalação dos pontos é realizado o recebimento.

Foram instalados seis pontos de recebimento e preenchidos sete termos de fiscalização. A expectativa é de que haja uma boa devolução voluntária de embalagens vazias de agrotóxicos, tendo em vista a boa receptividade da população na zona rural.

A atividade foi realizada para fazer cumprir a lei de agrotóxico nº 8.521 de 30 de novembro de 2006, que dispõe sobre a produção, o transporte, o armazenamento, a comercialização, a utilização, o destino final dos resíduos e embalagens vazias de agrotóxico no Estado do Maranhão.

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao