AGED e MAPA discutem sobre o Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose

Por Suyane Scanssette
10/11/2020     15:54

Orientações sobre o Diagnóstico Situacional do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal (PNCEBT) no Brasil e a elaboração do Plano de Ação no Estado do Maranhão foram os principais pontos de pauta da reunião virtual realizada na manhã desta terça-feira, 10, entre técnicos e fiscais da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA), a coordenação nacional do PNCEBT do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Superintendência Federal de Agricultura (SFA/MA).

Participaram da reunião a responsável técnica pelo PNCEBT no Maranhão, Adriana Prazeres, a gestora nacional do PNCEBT, Janice Barddal, o auditor fiscal agropecuário da SFA/MA, Roberto Carlos Negreiros, a Coordenadora de Defesa Animal da AGED, Jucielly Oliveira, a Diretora de Inspeção e Defesa Animal da AGED, Tânia Duarte, além dos gestores das Unidades Regionais da AGED e dos médicos veterinários que são servidores da Agência.

Na ocasião, a gestora nacional do PNCEBT, Janice Barddal apresentou o diagnóstico situacional do Programa e a classificação das Unidades da Federação quanto ao grau de risco para a brucelose e tuberculose.

O documento traz um panorama das doenças no país, com o intuito da construção do Plano de Ação que deverá ser realizado por cada estado, possibilitando estabelecer ações de medidas sanitárias e estratégias eficientes nas diferentes realidades das Unidades Federativas.

“Esse momento que o corpo técnico da AGED esteve com a coordenação nacional do PNCEBT e o apoio da SFA/MAPA foi essencial para que o Programa de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal no Estado inicie o Plano de Ação. Construir um Plano de acordo com as características epidemiológicas do estado, entre outros aspectos direciona melhor a adoção de medidas sanitárias para o controle da brucelose e tuberculose no Maranhão”, explicou Adriana Prazeres Paixão, fiscal estadual agropecuário, responsável pelo PNCEBT/MA.

“É muito importante reuniões como esta em que esclarecemos as dúvidas, avaliamos os trabalhos e unificamos as ações. A resposta virá nas ações do dia a dia com a melhoria da defesa sanitária animal”, declarou Maria de Lourdes Guimarães Borges, assessora técnica da AGED/MA. 

O PNCEBT foi instituído em 2001 e de acordo com IN/MAPA n° 10/2017, o programa tem como objetivo baixar o número de casos existentes de brucelose e tuberculose com vistas à erradicação.

Veja aqui o DIAGNÓSTICO SITUACIONAL_PNCEBT 

Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais:

Instagram: www.instagram.com/aged.ma

Facebook: www.facebook.com/aged.ma 

Twitter: www.twitter.com/Aged_Maranhao